Abertura # 2 (Openness) - movimento antes do movimento

Na realidade encontramos a dualidade para dela realizar a unidade. Aqui, dentro, existe um diafragma que pulsa e comunica entre o interior e o exterior. Aqui no corpo que cria, ele respira e mexe-se procurando o que dele sairá e que até então desconhece, está oculto - já existe, mas só se ele persistir em continuar e se afundar no tempo.
É a pele que se prolonga no espaço, é o corpo que se desempenha. Quando se dá o nascimento da profundidade?
Não há um movimento abstracto, há um movimento solto e livre. Um movimento antes do movimento.
Forma-se um novo corpo onde interior e exterior são um só. Um processo de abertura que origina um outro nível do sentido, quando a consciência do movimento se torna movimento da consciência.

Dualidade
Abertura
Resgate da unidade do sentido
Continuação

De uma liberdade um impulso, de um impulso um gesto, de um gesto uma acção. Fecha, abre, Mancha e cor.

Técnica mista sobre papel e performance.

***

Abertura # 2 (Openness) - movement before movement

In reality, we find the duality to achieve unity. Here, inside, there is a diaphragm that pulse and communicate between the inside and the outside. Here the body creates, he breathes and moves, searching for what will come out of him and which he does not know, is hidden - already exists, but only if he persists in continuing and sinking in time.
It is a skin that extends in space, it is a body that performs. When happens the birth of depth?
There is no abstract movement, there is a loose and free movement. A movement before the movement. Is formed a new body where interior and exterior are one.
An opening that gives another level of meaning, when the consciousness of movement becomes the movement of consciousness.

Duality
Opening
Rescue the unity of meaning
Continue

From freedom an impulse, from an impulse a gesture, from a gesture an action. Closes, opens, stain and color.

Mixed media on paper and performance.


2017


up